Saltar para o conteúdo

Supertaça: FC Porto junta-se a Sporting CP na final

FC Porto 2

Na segunda meia final da LIDL Supertaça, houve clássico com FC Porto e SL Benfica a lutarem pela última vaga na final onde já se encontra o Sporting CP. A final tem lugar amanhã, domingo, pelas 17h00 no Pavilhão Municipal da Nazaré e conta com transmissão na RTP2.

Os dragões entraram em campo com Nikola Mitrevski na baliza, Diogo Branquinho, António Areia e Victor Iturriza na segunda linha, Ivan Sliskovic, Rui Silva e Diogo Silva nos nove metros. As águias contaram com Gustavo Capdeville na baliza, Jonas Kallman, Ole Rahmel e Alexis Borges na segunda linha, Petar Djordjic, Lazar Kukic e Demis Grigoras como primeiras linhas.

Um início de jogo tímido, onde apenas se inaugurou o marcador após três minutos de jogo disputados e que apontado por Ole Rahmel perante a baliza deserta dos dragões, que se encontravam em inferioridade numérica, após exclusão de Victor Iturriza.

Foi o SL Benfica que entrou melhor com Gustavo Capdeville a fechar a baliza encarnada até perto dos nove minutos, quando Ivan Sliskovic marcou o primeiro golo do FC Porto, 1-3. E foi o mesmo homem, Ivan Sliskovic, a completar o parcial de 3-0 que devolveu a igualdade no marcador em apenas três minutos.

Seguiu-se novo parcial de 0-3 a favor das águias que iam crescendo no jogo. Magnus Andersson interrompeu a partida aos 15 minutos para tentar serenar a sua equipa que sentia dificuldades em ultrapassar a defesa das águias, bem como em parar os seus ataques em velocidade.

Os dragões continuavam a sentir dificuldades ofensivamente e a menos de dez minutos do intervalo as águias venciam por quatro bolas de diferença, 5-9. Mas com uma defesa mais pressionante, a equipa do FC Porto, conseguiu conquistar algumas bolas, provocando o erro do adversário mas, na baliza encarnada, Gustavo Capdeville não deixou os dragões reduzirem a desvantagem para a margem mínima e Jonas Kallman ampliou a vantagem benfiquista para quatro bolas, 7-11.

Paulatinamente os dragões iam crescendo no jogo, principalmente a nível defensivo, mas as falhas na finalização pareciam assombrar a equipa portista que acabou por sair para o intervalo a perder por duas bolas, 10-12.

Na segunda parte, o FC Porto apresentou-se mais forte ofensivamente, com Fábio Magalhães a encontrar os caminhos para a baliza e com Leonel Fernandes a colocar tudo empatado a 15 bolas à passagem do minuto sete, para, de seguida, Miguel Alves dar a primeira vantagem aos dragões, obrigando Chema Rodriguez a levar o cartão verde à mesa.

Seguiu-se uma superioridade azul-e-branca, com acertos ofensivos e uma defesa mais coesa à entrada dos últimos 15 minutos, o FC Porto consomava uma vantagem de três bolas, 20-17.

A vantagem aumentou, chegando a ser de cinco bolas, 24-19, com o vigésimo quarto golo a ser assinado com um belo golo do vinte e quatro portista, Diogo Silva.

A vantagem não fugiu ao FC Porto que garantiu presença na final, que se disputará amanhã, domingo, pelas 17h00, no Pavilhão Municipal da Nazaré, com transmissão na RTP2, e onde dragões enfrentarão os leões que deixaram pelo caminho a equipa do Águas Santas Milaneza.

Destaques da partida para Fábio Magalhães, melhor marcador portista com 5 golos, e para Petar Djordjic, melhor marcador das águias com os mesmos 5 golos.

Partilha nas Redes Sociais!

Deixe um comentário





Interessado em impulsionar o Andebol?

O principal objectivo da 7M é promover o Andebol, tanto a nível Nacional, como Internacional, seja Feminino ou Masculino.

Ema Bastos

Treinadora de andebol e licenciada em Marketing, Ema pertence à equipa da 7Metros desde fevereiro de 2018, onde é Diretora de Marketing e Comunicação e Responsável pela Equipa de Design. O andebol é a sua grande paixão e, juntamente com a 7Metros, tem como objetivo fazer crescer a nossa modalidade em Portugal.