Saltar para o conteúdo

Supertaça: FC Porto é o grande vencedor

FC Porto ST

Na tarde deste domingo, Sporting CP e FC Porto entraram em campo no Pavilhão Municipal da Nazaré para disputar o primeiro troféu oficial da época 2021-22.

À entrada para esta partida, o Sporting CP deixou pelo caminho o Águas Santas Milaneza enquanto que o FC Porto venceu perante o SL Benfica, na tarde do passado sábado.

A equipa leonina começou a partida com Manuel Gaspar a defender as suas redes, Josep Folques e Francisco Tavares nas pontas, Salvador Salvador, Natan Suarez e Jens Schongarth na primeira linha e Jonas Tidemand foi o pivô. Pelos dragões Sebastian Frandsen foi o guardião escolhido, Diogo Branquinho e António Areia alinharam nas pontas, Pedro Valdés, Rui Silva e Djibril Mbengue nos nove metros e, como pivô, Victor Iturriza.

Foi a equipa nortenha quem entrou mais forte, a impor um parcial de 1-4 no começo da partida, com uma defesa bastante sólida e com processos ofensivos bem oleados, partindo de relações 2×2 os azuis-e-brancos iam desfeiteando a defesa leonina. Ricardo Costa, novo técnico do Sporting CP, viu-se obrigado a parar o jogo ainda dentro dos primeiros 7 minutos com vista a quebrar o bom momento do FC Porto.

Natan Suarez em grande destaque conseguia ajudar a sua equipa a quebrar o jejum de golos e assistiu, de forma brilhante, Jonas Tidemand para o 4-6, à passagem do minuto 10.

Mas nem por isso o FC Porto abrandou e ampliou a vantagem para cinco golos, 4-9. O técnico dos leões, desde logo, alterou o seu sistema defensivo e foi recorrendo a algumas substituições à procura das melhores soluções para parar a equipa de Magnus Andersson.

Antes dos vinte minutos de jogo o técnico portista pediu um time-out, quando o jogo se fixava na vantagem de quatro golos que já havia sido de seis, 7-13 para 9-13.

Os dragões foram mantendo a vantagem mas os leões iam crescendo e reduziram para três bolas aos 27 minutos da primeira parte, 15-18. Destaque para o golo 17 dos leões, assinado por Francisco Tavares. Nos instantes seguintes, a equipa de Magnus Andersson atravessou um momento de inferioridade numérica, que galvanizou os leões a chegarem à margem mínima, 17-18.

Miguel Alves e Pedro Cruz no último minuto voltaram a alargar a vantagem do FC Porto, fixando o resultado ao intervalo em 17-20.

No começo da segunda parte, a equipa azul-e-branca entrou com um parcial de 0-3, alcançando o 17-23 e, apesar do excelente momento de Yassine Belkaied, os leões iam sentindo dificuldades na finalização.

O FC Porto foi conseguindo manter a vantagem mas os verde-e-brancos não permitiam uma maior aproximação. Magnus Andersson colocou um time-out quando o resultado se fixava em 21-25.

Os guarda-redes continuavam a brilhar, com Nikola Mitrevski, dos dragões, a crescer e Yassine Belkaied, dos leões, a negar golos, o Sporting CP ia conseguindo, paulatinamente, aproximar-se no resultado, mas sem baixar as quatro bolas de desvantagem, 23-27 aos 15 minutos desta segunda parte.

Miguel Alves que havia apontado quatro golos na meia final diante do SL Benfica continuava de mão quente e ajudou a alargar a vantagem novamente para seis bolas, com o 23-29. Pedro Valdés foi outro dos artilheiros de serviço, diante da sua antiga equipa, e foi mesmo ele que apontou o trigésimo golo portista, alargando a vantagem para 7 bolas.

Numa tentativa de recuperar a desvantagem nesta final da LIDL Supertaça, Ricardo Costa colocou um time-out com sete minutos por jogar e com o placar a apontar 25-31 favorável ao FC Porto.

Mas foi a equipa da cidade invicta que saiu mais forte do tempo técnico conseguindo gerir a vantagem e vencer por 29-34.

Destaques da partida para os centrais de ambas as equipas, Rui Silva que comandou o ataque da equipa portista com sucesso, Natan Suarez que ajudou os leões a galvanizarem-se principalmente nos primeiros 30 minutos, para os guardiões Yassine Belkaied e Nikola Mitrevski, e ainda para Victor Iturriza, a par com Natan Suarez, melhores marcadores da partida com 6 golos cada.

O FC Porto vence o primeiro troféu oficial da época 2021-22 e ultrapassa o ABC de Braga ao conquistar a sua 8ª Supertaça, tornando-se o maior vencedor da prova.

Partilha nas Redes Sociais!

Deixe um comentário





Interessado em impulsionar o Andebol?

O principal objectivo da 7M é promover o Andebol, tanto a nível Nacional, como Internacional, seja Feminino ou Masculino.

Ema Bastos

Treinadora de andebol e licenciada em Marketing, Ema pertence à equipa da 7Metros desde fevereiro de 2018, onde é Diretora de Marketing e Comunicação e Responsável pela Equipa de Design. O andebol é a sua grande paixão e, juntamente com a 7Metros, tem como objetivo fazer crescer a nossa modalidade em Portugal.