Saltar para o conteúdo

Suíça 29-33 Portugal: De olhos postos na França

Suíça 29-33 Portugal: De olhos postos na França

Portugal conseguiu bater a seleção da Suíça e continua na sua caminhada rumo aos quartos-de-final do Mundial. Este importante triunfo significa que os Herós do Mar estão a apenas uma vitória da próxima fase.

A 7Metros pediu a Paulo Sá, Diretor Técnico da Federação de Andebol de Portugal, para fazer a análise deste importante triunfo da seleção.

“Jogo decisivo para Portugal, a vitória permitia continuar no bom caminho para os quartos de final, a derrota condicionava praticamente esta passagem. Do lado da Suíça, equipa que foi repescada para este Mundial em substituição dos EUA, mas que tem registado jogos de excelente qualidade, estaria desinibida para o jogo, pois tudo o que conquistasse seria fantástico.

Portugal inicia o jogo com o 6:0 habitual, com duas trocas defesa/ataque iniciando Fábio Magalhães como lateral direito. A Suíça opta também todo o jogo por um sistema defensivo 6:0.

Primeira parte disputada em ritmo elevado, atendendo que é o quinto jogo para ambas as equipas, com a defesa de Portugal a revelar muitas dificuldades aos 6 metros, nomeadamente na relação do central com o pivot.

Suíça 29-33 Portugal: De olhos postos na França

Por seu lado a Suíça revelava também dificuldade em condicionar Victor Iturriza e as assistências de Miguel Martins. André Gomes cria muitas dificuldades numa fase inicial e no final da primeira parte João Ferraz traz uma riqueza tática ao jogo, pelas suas trajetórias e na segurança que transmitiu no momento.

Suíça opta por atacar 7x/6 no final da primeira parte, o que criou algumas dificuldades à defesa portuguesa, com vantagens da esquerda para a direita do ataque suíço. Contudo a segurança a nível ofensivo, permite chegar ao intervalo a ganhar 17-15, com a virtude de ter apenas uma perca de bola em toda a primeira parte.

Inicia a segunda parte com profundas alterações na 1ª linha de Portugal, Fábio Magalhães, Rui Silva e Belone Moreira em campo, além de Humberto Gomes que volta a realizar uma exibição muito consistente, defendendo bolas decisivas.

Muito bem as transições defesa/ataque com as finalizações do Fábio Magalhães numa primeira fase e Rui Silva numa segunda fase com as suas soluções de remate exterior. Contudo Portugal revela algumas dificuldades perante as soluções de remate exterior da seleção Suíça, que a partir dos 39 minutos de jogo volta a optar pelo ataque em situação de 7×6.

Suíça 29-33 Portugal: De olhos postos na França

A quinze minutos do final, podia muito bem ser o momento do jogo, Portugal tem 4 golos de vantagem e três posses de bola para aumentar a vantagem, o que condicionaria a Suíça para a parte final de jogo, mas permite novamente a redução para 28-26. Segue-se um período de maior insegurança, com algumas bolas perdidas, conseguindo a Suíça reduzir para a diferença mínima aos 55 minutos de jogo (30-29), com bola para empatar o jogo.

Portugal tem excelentes 5 minutos finais a nível defensivo condicionando e dissuadindo a organização ofensiva contrária, evitando assim sofrer qualquer golo neste final de jogo.

Destaca-se na Suíça, e merecedor de rever as imagens, a capacidade técnico-tática e eficácia de Andy Schmid na marcação dos livres de 7 metros.

Paulo Pereira utiliza mais uma vez de forma eximia a rotação de jogadores, explorando as suas distintas capacidades e potenciando um nível de rendimento máximo em todos os momentos de jogo.

Portugal consegue mais uma fantástica prestação neste Mundial de Andebol, confirmando a sua qualidade e versatilidade de jogo, colocando-nos ao nível dos melhores.

Domingo, mais uma grande final com a França, que colocará Portugal no grupo dos 8 melhores do Mundo. É um orgulho para todos ver os nossos atletas com este rendimento e com esta postura competitiva onde todos trabalham para um objetivo comum.”

Partilha nas Redes Sociais!

Deixe um comentário





Interessado em impulsionar o Andebol?

O principal objectivo da 7M é promover o Andebol, tanto a nível Nacional, como Internacional, seja Feminino ou Masculino.

Leonardo Bordonhos

Membro da equipa desde 2018, o Leonardo concilia as posições de Diretor de Redação e Redes Sociais da 7Metros. Ganhou o gosto pelo andebol quando começou a praticar a modalidade no Almada AC, e desde então procura fazer crescer o desporto em Portugal. Licenciado e Mestre em jornalismo desportivo, podem acompanhá-lo no Twitter: @leo_bordonhos