Saltar para o conteúdo

Siófok KC 31-36 Nantes: Francesas levantam Women’s EHF European League!

Siófok KC 31-36 Nantes: Francesas levantam Women’s EHF European League

O Nantes Atlantique superiorizou-se ao Siófok KC e venceu a primeira edição da Women’s EHF European League, com duas grandes exibições na final four.

Frente a um adversário de peso como as húngaras do Siófok, a turma francesa entrou a todo o gás e depressa impôs um ritmo rápido que a equipa adversária não conseguia acompanhar. Depois de algum equilíbrio nos primeiros cinco minutos, com o passar do tempo a vantagem francesa foi dilatando graças à sua intensidade defensiva e eficácia ofensiva (83% de eficácia de remate nos primeiros trinta minutos.

Com Bruna De Paula e Nathalie Hagman em grande, o Nantes foi aumentando a diferença e ao intervalo venciam por 17-13, um passo mais mais perto de levantar o troféu da Women’s EHF European League.

Siófok KC 31-36 Nantes: Francesas levantam EHF European League

No segundo tempo a toada manteve-se, com as comandadas de Guillaume Saurina a apresentarem um bom acerto ofensivo (68%) e a gerirem a vantagem, apesar das tentativas de aproximação efetuadas pelo conjunto magiar, que teve em Nelli Such e Gnonsiane Niombla (cinco golos cada) as suas principais armas ofensivas.

No final dos 60 minutos foram as “visitantes” que fizeram a festa, ao vencerem o primeiro título europeu da sua história e escrevem o seu nome nos compêndios da história como as primeiras vencedoras da Womens’s EHF European League.

Bruna de Paula, lateral brasileira no Nantes Atlantique, foi eleita a MVP da final four, tendo marcado 14 golos, seis dos quais na final. Também importa mencionar as exibições de Nathalie Hagman, que marcou 18 golos em 18 remates ao longo do fim de semana.

No final do encontro, Guillaume Saurina, técnico francês, não conseguiu esconder a sua felicidade por vencer a Women’s EHF European League:

“Quando chegámos disse às jogadoras que é um grande evento, mas só temos que jogar andebol. São só dois jogos de andebol, e isso é o que fazem melhor. Elas foram incríveis, respeitaram o plano. Houve muitas coisas históricas para nós. É inacreditável”

Zdravko Zovko, treinador do Siófok KC, parabenizou as suas atletas e confessou que o cansaço acabou por fazer a diferença:

“Gostaria de parabenizar as minhas jogadoras do fundo do meu coração porque este fim de semana lutaram com um desejo incrivelmente grande. Antes da final four, só treinámos juntos três dias. Acho que demos tudo. As pernas já não estavam frescas hoje e não conseguimos controlar o jogo rápido do Nantes”

Partilha nas Redes Sociais!

Deixe um comentário





Interessado em impulsionar o Andebol?

O principal objectivo da 7M é promover o Andebol, tanto a nível Nacional, como Internacional, seja Feminino ou Masculino.

Leonardo Bordonhos

Membro da equipa desde 2018, o Leonardo concilia as posições de Diretor de Redação e Redes Sociais da 7Metros. Ganhou o gosto pelo andebol quando começou a praticar a modalidade no Almada AC, e desde então procura fazer crescer o desporto em Portugal. Licenciado e Mestre em jornalismo desportivo, podem acompanhá-lo no Twitter: @leo_bordonhos