Saltar para o conteúdo

SC Magdeburg 28-25 Füchse Berlin: Fez-se história!

SC Magdeburg 28-25 Füchse Berlin: Fez-se história!

Ao bater o Füchse Berlin na final da competição, os alemães do SC Magdeburg tornaram-se os primeiros vencedores da EHF European League.

Depois de ultrapassarem os polacos do Wisla Plock na meia-final por 30-29, o conjunto germânico enfrentava os seus compatriotas numa final 100% alemã.

Os comandados de Bennet Wiegert entraram fortes no encontro e apesar da réplica adversária, depressa chegaram aos três golos de vantagem (5-1). As “raposas” tentaram reagir, mas iam embatendo numa muralha de seu nome Jannick Green. O guardião dinamarquês estava imparável e ajudou o Magdeburg a construir uma vantagem que ao intervalo se firmava nos sete golos (15-8).

SC Magdeburg 28-25 Füchse Berlin: Fez-se história!

Após o intervalo a toada manteve-se, apesar da reação por parte do Füchse. O emblema de Berlim tentava aproximar-se, mas dificilmente conseguia fazer a desvantagem reduzir para a diferença mínima. Com o tempo a esgotar-se e a vitória a ficar cada vez mais longe, os comandados de Jaron Siewert bem tentaram relançar a final, mas Jannick Green voltou a aparecer vezes e vezes sem conta, destruindo toda a esperança dos seus adversários.

Com a conquista do seu 5º título europeu, o primeiro desde 2007, os jogadores mostraram-se radiantes após o apito final, com o técnico Jaron Siewert a não esconder a sua emoção. Hans Lindberg, ponta-direita do Füchse, foi o melhor marcador do encontro com oito golos, mas a grande figura, e MVP da final, foi Jannick Green, que conseguiu 17 (!) defesas ao longo do encontro.

No final do encontro, Magnus Gullerud, atleta norueguês do Magdeburg, destacou o foco e preparação da equipa:

Rhein-Neckar Löwen termina em 3º

No embate do 3º e 4º lugar a equipa da casa, já sem a pressão de ter que chegar ao título, mostrou-se a um nível muito superior do que apresentara no sábado, e bateu o Wisla Plock por 32-27.

Após a partida, Andy Schmid, central suíço dos “leões de Mannheim”, confessou ser contra os jogos de atribuição de 3º e 4º lugar, e destacou que a equipa tem que estar habituada à pressão:

Partilha nas Redes Sociais!

Deixe um comentário





Interessado em impulsionar o Andebol?

O principal objectivo da 7M é promover o Andebol, tanto a nível Nacional, como Internacional, seja Feminino ou Masculino.

Leonardo Bordonhos

Membro da equipa desde 2018, o Leonardo concilia as posições de Diretor de Redação e Redes Sociais da 7Metros. Ganhou o gosto pelo andebol quando começou a praticar a modalidade no Almada AC, e desde então procura fazer crescer o desporto em Portugal. Licenciado e Mestre em jornalismo desportivo, podem acompanhá-lo no Twitter: @leo_bordonhos