Saltar para o conteúdo

PORTUGAL CAI NA 2ª PARTE

destaque

A Sportovni Hala UP Olomouc, em Olomouc, foi o palco da noite passada do República Checa – Portugal para o 1º jogo de Qualificação do Women’s EHF EURO 2020. Uma arena escolar bem composta para assistir a esta partida de seleções nacionais.

Começou melhor Portugal com 2 golos, de Bebiana Sabino e Joana Resende, marcando o ritmo de jogo. A Rep. Checa acertou as marcações e adaptou-se rapidamente ao estilo português, conseguindo o primeiro empate da partida (3-3) após os 5 min. da 1ª parte.

escrito por Márcio Menino

O equilíbrio foi uma constante entre as equipas, com a pressão do lado da Rep. Checa que participou nos últimos 2 EUROS e jogava em casa esta partida. Não foi por isso de estranhar que tenha estado a maior parte dos primeiros 30 minutos na frente do marcador fora os sucessivos empates, também graças a Isabel Góis e as suas 7 defesas. À passagem do minuto 20, Maria Pereira empata a 9 golos a partida, e Mariana Lopes faz o 10-9 após uma exclusão da atleta checa.

Os últimos 5 minutos da primeira metade viram o resultado fixar-se ao intervalo em 13-11 favorável à equipa da casa após Bebiana ter sido excluída pela 2ª vez no jogo.

Na 2ª parte, a nossa seleção apresentou-se com uma defesa mais móvel e a pressionar o adversário a cometer erros, além de uma marcação individual por Patrícia Lima. Pareceu resultar nos primeiros momentos, mas o nosso 7×6 não encaixava e a República Checa aproveitou para dilatar o marcador, com 3 golos de baliza vazia e contra-ataques rapidíssimos. Ao minuto 43, o resultado mostrava 22-14 para a equipa da casa. As Checas fecharam-se num 6×0 agressivo, impedindo a entrada das Portuguesas aos 6 metros. Os erros foram-se sucedendo, ora de falhas técnicas ora de passes falhados. Foram 15 minutos para esquecer.

O selecionador Ulisses Pereira viu-se obrigado a gastar o último TO para contrariar a vantagem adversária e após mais de 5 minutos sem golos portugueses.

A equipa parecia perdida e a República Checa não se negou, castigando a nossa seleção em cada ataque. Cláudia Correia foi quem acabou com o marasmo lusitano, através de um livre de 7 metros (28-15) e ao fim de 10 minutos sem 1 golo de Portugal.

Nos últimos 10 da partida, os golos para ambas as equipas sucederam-se assim como as defesas, com vantagem para a República Checa.

Mariana Lopes e Joana Resende ambas com 4 golos foram as artilheiras nacionais, do lado da Rep. Checa 3 jogadoras partilham o pódio com 5 golos ( Zachova, Jerabkova e Malá).

Resultado final – República Checa 31-20 Portugal.

Portugal volta a casa para receber a Suécia, em Tondela, no próximo dia 28 de Setembro às 16h30.

Partilha nas Redes Sociais!

Deixe um comentário





Interessado em impulsionar o Andebol?

O principal objectivo da 7M é promover o Andebol, tanto a nível Nacional, como Internacional, seja Feminino ou Masculino.

Márcio Menino