Saltar para o conteúdo

Porto derrota Meshkov Brest na EHF Champions League

Porto derrota Meshkov Brest na EHF Champions League

O Futebol Clube do Porto conseguiu, na segunda jornada do Grupo A da EHF Champions League 2020-21, uma importante vitória por 27-25 contra a equipa bielorrussa do Handball Club Meshkov Brest. Com este resultado, o Porto consegue, assim, relançar a sua candidatura à passagem à próxima fase da Liga de Campeões de andebol, depois de ter perdido, de forma algo surpreendente, o primeiro jogo em casa contra os noruegueses do Elverum Handball por 28-30.

O Porto, que se apresentou sem o seu central Rui Silva, entrou algo nervoso no jogo e permitiu aos bielorrussos um claro ascendente nos primeiros 15 minutos do jogo, com uma vantagem que chegou a ser, por vezes, de quatro golos. Sobressaíram nessa fase do jogo o pequeno central esloveno Stas Skube, com uma excelente organização ofensiva do jogo do Brest, e o lateral esquerdo russo Alexsander Shkurinskiy, com três golos em penetração, possíveis devido a alguma passividade e falta de agressividade da defesa portista.

Os dois maiores destaques desta primeira fase do jogo foram, contudo, claramente os guarda-redes das duas equipas, nomeadamente o croata Ivan Pesic, do lado do Meshkov Brest, e o dragão Nikola Mitrevski, da Macedónia do Norte. Mitrevski foi, aliás, um dos fatores decisivos para que o Porto reentrasse no jogo, além de uma importante decisão do treinador sueco Magnus Andersson, que pediu, a partir do desconto de tempo do minuto 21, a utilização do característico ataque em superioridade 7×6 dos azuis-e-brancos. Até ao intervalo, o Porto não só conseguiu estancar os ataques bielorrussos, como conseguiu cavar uma diferença de três golos, indo para intervalo com um suado, mas merecido 12-9.

Porto derrota Meshkov Brest na EHF Champions League

No regresso dos balneários, o Porto apresentou-se com a mesma determinação e concentração que lhe tinha permitido dar a volta ao resulto nos últimos 10 minutos da primeira parte. No entanto, a partir do minuto 40, os papéis pareciam inverter-se de novo, com o Meshkov Brest a chegar ao empate a 17-17, baseado sobretudo numa defesa mais agressiva e nos remates do lateral direito bósnio, Marko Panic, que acabaria o jogo como melhor marcador, com oito golos.

O ligeiro ascendente dos bielorrussos durou, contudo, pouco tempo, com o Porto a retomar as rédeas do jogo, recorrendo uma vez mais às extraordinárias defesas de Mitrevski e à organização de Miguel Martins, que não só liderou os colegas de equipa como ainda marcou três golos decisivos nos últimos minutos.

O resultado final de 27-25 foi mais do que merecido para a melhor equipa em campo, que apesar de alguns erros e falhas técnicas pouco habituais, conseguiu controlar o jogo nos últimos minutos, celebrando uma vitória importante.

Na próxima jornada do Grupo A da EHF Champions League 2020-21, que se realiza na quarta-feira dia 30 de Setembro, o FC Porto desloca-se ao difícil reduto do gigante alemão Sportgemeinschaft Flensburg-Handewitt, que conseguiu uma impressionante vitória nos últimos segundos em casa do Paris Saint-Germain Handball por 28-29. O Meshkov Brest, por seu lado, irá receber precisamente o gigante francês, que certamente se quererá redimir desta inesperada derrota.

Partilha nas Redes Sociais!

Deixe um comentário





Interessado em impulsionar o Andebol?

O principal objectivo da 7M é promover o Andebol, tanto a nível Nacional, como Internacional, seja Feminino ou Masculino.

Carlos Amaral

Membro da equipa desde Junho de 2020, o Carlos é um antigo jornalista da Secção Internacional do Correio da Manhã e Business Director na agência de traduções TETRAEPIK. Na 7 Metros dedica-se sobretudo ao andebol da Alemanha, Suíça e Áustria. Começou a jogar andebol como Infantil no SKV Eglosheim da Alemanha e é ainda jogador do Clube de Futebol de Sassoeiros, onde também foi vice-presidente e ainda é dirigente.