Saltar para o conteúdo

PLACARD Andebol 1: Jornada 10

WhatsApp-Image-2019-11-03-at-16.44.00

Entre os dias 30 de Outubro e 2 de Novembro realizou-se a 10ª jornada do PLACARD Andebol 1, a primeira divisão do andebol masculino nacional.

escrito por Leonardo Costa Bordonhos

FC Porto 41-29 ADA MAIA/ISMAI

A jornada começou dia 30 no Dragão Arena onde o FC Porto recebeu o ADA MAIA/ISMAI. Uma partida que começou equilibrada, os Maiatos conseguiram equilibrar o marcador até ao 5-3, altura em que os dragões entraram num parcial de 6-0 que os catapultou para 11-3 e complicou ainda mais a já difícil tarefa do ISMAI em roubar pontos ao campeão. Os visitantes ainda conseguiram reduzir a desvantagem para 13-10 mas ao intervalo o marcador assinalava 19-14.

No segundo tempo os azuis-e-brancos controlaram o resultado e dado o cansaço do ISMAI conseguiu distanciar-se novamente no marcador, terminando com uma vitória confortável por 41-29 num jogo onde o ponta Leonel Fernandes foi o melhor marcador com oito golos.

FC GAIA/EMPRIL 27-28 Sporting CP

No segundo jogo de dia 30, o Sporting CP deslocou-se a Gaia para enfrentar os recém-promovidos do FC GAIA. Numa partida marcada por alguns problemas referentes ao pavilhão, os leões tiveram bastantes dificuldades em ultrapassar a equipa de Ricardo Costa.

Os visitantes entraram melhor e à passagem dos 10 minutos venciam 2-6. O Gaia não baixaria os braços e paulatinamente foi recuperando da desvantagem, conseguindo mesmo chegar à vantagem antes do intervalo, indo para o descanso na frente 15-13.

Na segunda parte equilíbrio manteve-se com ambas as equipas a trocarem vantagens. O momento-chave do encontro, contudo, aconteceu ao minuto 46 quando Valentin Ghionea fez o 20-22 e permitiu ao Sporting ganhar uma vantagem que chegaria ao 22-26. Contudo o Gaia voltaria à carga e esteve perto de surpreender o vice-campeão, mas o resultado final ficaria 27-28 com o jovem Martim Costa a ser o melhor marcador do encontro com nove golos.

SC Horta 25-29 SL Benfica

Continuando a jornada, no dia 31 foi a vez do SC Horta receber o SL Benfica nos Açores. A equipa da casa deu boa conta de si ao obrigar os encarnados a suar para conseguir levar os três pontos de volta para Lisboa.

Apesar do equilíbrio nos primeiros minutos, as águias partiram para o descanso na frente 12-15.  No segundo tempo os comandados de Carlos Resende entraram fortes e depressa chegaram ao 14-19, uma vantagem que iriam conservar até aos 46 minutos, altura em que os açorianos recuperaram e fizeram o 20-22.

Os encarnados livrar-se-iam da pressão chegando ao 22-27, terminando com o resultado de 25-29 com Pedro Seabra Marques a estar em destaque com nove golos.

FC Belenenses 34-33 Artística Avanca /BIORIA

No primeiro jogo do dia 2, Belenenses e Avanca defrontaram-se no Pavilhão Acácio Rosa numa partida disputada até ao último minuto.

O Avanca entrou melhor ma partida e manteve-se na frente do marcador durante toda a primeira parte, apesar dos lisboetas terem conseguido empatar a partida até ao último minuto do primeiro tempo.

Entrando para a 2ª parte com uma vantagem de dois golos, o Belenenses recuperou e empatou a partida a 19 com três minutos jogados. O encontro entrou depois numa fase mais rápida onde o Avanca voltou a descolar chegando ao 22-27 com quinze minutos ainda por jogar.

Apoiado pelos seus adeptos, o Belenenses recuperou e empatou a partida a 29 e chegou mesmo à vantagem a cinco minutos do fim, já sem um dos seus jogadores mais influentes visto que Diogo Domingues recebera ordem de expulsão. 

Com a partida empatada a 33, o jovem emprestado pelo SL Benfica Gonçalo Nogueira fez o 34-33 dando assim a vantagem à sua equipa que teve em Tiago Ferro um poço de golos com o ponta a terminar a partida com doze golos.

Boavista FC 33-27 Boa Hora FC/ROFF

Numa época complicada até ao momento para o recém-promovido Boavista FC, os axadrezados receberam e venceram o Boa Hora na sua segunda vitória na competição.

Depois de um começo equilibrado, lentamente a equipa da casa começou a descolar no marcador, chegando a uma vantagem de cinco golos ainda no primeiro tempo quando fez o 14-9, vantagem essa que iria aumentar indo para o intervalo na frente 19-13.

Com essa vantagem e o momento todo do seu lado a equipa da cidade invicta foi aumentando o fosso e chegou mesmo aos 28-20, antes dos jovens lisboetas responderem e diminuírem a desvantagem para seis. Resultado final 33-27 com Rui Rolo a terminar com sete golos.

Vitória FC 23-24 Madeira SAD

Entrando nesta jornada em último lugar do campeonato, o Vitória de Setúbal entrava nesta jornada de conseguir a sua segunda vitória. Seria no entanto o Madeira SAD quem sairia por cima apesar do susto apanhado já perto do apito final.

Partida equilibrada do início ao fim, seria já perto do intervalo que a equipa da casa chegaria aos dois golos de vantagem quando Nikola Egic marcou o 13-11.

A diferença aumentaria para os três golos no inicio do segundo tempo mas os madeirenses conseguiram o empate com apenas seis minutos jogados e aos 44 minutos já venciam por quatro quando Daniel Santos fez o 17-21.

Com a vantagem e experiência do seu lado, o Madeira SAD chegou ao 20-24 com sete minutos por jogar mas foi incapaz de voltar a fazer abanar as redes vitorianas e podia mesmo ter sofrido o empate mas a equipa do vitória não conseguiu terminar a recuperação e continua assim em último lugar com apenas uma vitória em dez jogos. Joaquim Nazaré pelo Vitória e Cláudio Pedroso pelo Madeira SAD foram os melhores marcadores do encontro com oito golos.

Águas Santas Milaneza 24-29 ABC/UMinho

No último jogo da jornada, o ABC visitou e venceu o Águas Santas na sua quarta vitória da época para o campeonato.

Como fora regra nos outros jogos da jornada, o equilíbrio pautou a partida. Neste caso, isso aconteceu até aos 23 minutos quando o ABC conseguiu uma vantagem de três golos que lhe permitiria chegar ao intervalo na frente 12-13.

Na segunda parte o Águas Santas responderia e chegaria à vantagem e aos dois golos de vantagem com sete minutos jogados. Os bracarenses responderiam e chegaram à vantagem já nos últimos dez minutos do encontro quando Francisco Silva fez o 21-22.

A partir daí iriam conservar a sua vantagem conseguindo a vitória 24-29 num jogo onde o experiente Pedro Cruz da equipa da casa seria o melhor marcador com doze golos.

Partilha nas Redes Sociais!

Deixe um comentário





Interessado em impulsionar o Andebol?

O principal objectivo da 7M é promover o Andebol, tanto a nível Nacional, como Internacional, seja Feminino ou Masculino.

Leonardo Bordonhos

Membro da equipa desde 2018, o Leonardo concilia as posições de Diretor de Redação e Redes Sociais da 7Metros. Ganhou o gosto pelo andebol quando começou a praticar a modalidade no Almada AC, e desde então procura fazer crescer o desporto em Portugal. Licenciado e Mestre em jornalismo desportivo, podem acompanhá-lo no Twitter: @leo_bordonhos