Saltar para o conteúdo

Nantes e Siófok atingem final da EHF European League

Nantes e Siófok atingem final da EHF European League

O sonho de levantarem o troféu da primeira edição da EHF European League feminina continua vivo para Nantes Atlantique e Siófok KC, que se irão encontrara amanhã, pelas 16 horas, na final da competição.

Nantes Atlantique 36-34 CSM Baia Mare

Na primeira meia-final do dia as francesas do Nantes Atlantique saíram por cima frente à equipa da casa. Graças a uma forte entrada em jogo, as comandadas de Guillaume Saurina depressa chegaram a uma vantagem de três golos (4-1), que se foi mantendo ao longo do primeiro tempo.

Com Bruna De Paula e Nathalie Hagman em grande plano pelo Nantes, as romenas do Baia Mare não tinham soluções para condicionar o ataque adversário e ao intervalo já perdiam por 21-15.

Após o intervalo tudo mudou. Com um parcial de 9-3, a turma romena conseguiu chegar ao empate pela primeira vez no encontro fruto de um remate certeiro de Cristina Laslo aos 48 minutos.

No entanto, e apesar do crescendo do Baia Mare, um novo parcial de 6-1 por parte do Nantes colocou um ponto final na partida, e é a equipa francesa que chega à sua primeira final europeia, e logo na primeira edição da EHF European League.

O grande destaque individual do encontro vai para a ponta-direita sueca de 29 anos, Nathalie Hagman que, com 11 golos em 11 remates, terminou como melhor marcadora e mostrou-se feliz após o apito final:

“É uma sensação muito, muito boa. Este é o resultado de toda a temporada – lutámos muito nesta taça europeia. Estamos felizes, mas é claro que queremos vencer a final amanhã”

Nantes e Siófok atingem final da EHF European League

Siófok KC 36-34 Herning-Ikast Handbold

Na segunda semifinal da European League encontraram-se os dois melhores ataques da competição e não faltou emoção.

Com a intensidade no máximo desde o apito inicial, os primeiros minutos foram pautados pelo balanço de força entre as duas equipas, com igualdades sucessivas. Isto é, até que um parcial de 4-0 por parte do Herning-Ikast Handbold permitiu às dinamarquesas chegarem aos três golos de diferença, 8-5.

Os ataques superiorizavam-se às defesas, e apesar vantagem nórdica, graças a uma sequência de 6-1, o Siófok KC conseguiu passar para a liderança (19-18) segundos antes do intervalo, por intermédio de Simone Böhme.

O equilíbrio manteve-se no segundo tempo, com ambas as equipas a procurarem o triunfo, mas sem conseguirem distanciar-se para além da margem mínima. E a emoção estava guardada para os últimos momentos.

A perder por um golo a menos de vinte segundos do fim, devido a um remate certeiro de Naja Nilssen Kristensen, o Siófok estava encostado à parede e tinha que marcar para levar a partida para prolongamento. E foi o que aconteceu.

Já após a buzina ter suado, Gabriella Tóth ficou frente a frente com a guarda-redes dinamarquesa e rematou a contar da linha de sete metros, fazendo o 31-31. Vinha o prolongamento e mais dez minutos de grande andebol, onde a turma húngara foi mais forte e venceu por 36-34, aumentando assim o seu registo invicto nesta European League.

Com 16 defesas e 31% de eficácia defensiva, a guardiã Melinda Szikora, do Siófok, foi determinante para o resultado final, bem como a francesa Tamara Horacek, que apontou sete golos.

No final do encontro, Simone Böhme destacou o orgulho que sentia e a crença que sempre sentiu em apurar-se para a final da EHF European League:

“Palavras não podem descrever o quanto estou orgulhoso. Não havia outra opção que não fosse chegar à final [da EHF European League] e vi o quanto trabalhámos e treinámos. Acreditei desde o primeiro minuto que podíamos chegar”

Partilha nas Redes Sociais!

Deixe um comentário





Interessado em impulsionar o Andebol?

O principal objectivo da 7M é promover o Andebol, tanto a nível Nacional, como Internacional, seja Feminino ou Masculino.

Leonardo Bordonhos

Membro da equipa desde 2018, o Leonardo concilia as posições de Diretor de Redação e Redes Sociais da 7Metros. Ganhou o gosto pelo andebol quando começou a praticar a modalidade no Almada AC, e desde então procura fazer crescer o desporto em Portugal. Licenciado e Mestre em jornalismo desportivo, podem acompanhá-lo no Twitter: @leo_bordonhos