Saltar para o conteúdo

M20 EHF Euro: Golo no último suspiro coloca Portugal na final!

POR x SWE, em Matosinhos, no Centro de Desportos e Congressos de Matosinhos
Foto: Federação de Andebol de Portugal

A seleção nacional de Portugal veio, pela primeira vez, a Matosinhos, para disputar um jogo deste Campeonato da Europa, e as bancadas encheram-se para ajudar os heróis do mar a chegar à grande final da competição. Do outro lado estava a Suécia, segundo classificado do Grupo M2.

Portugal entrou nesta meia-final sabendo já o possível adversário na final: a Espanha, após vencer, na meia-final, a Sérvia por 29-32. Relembramos que, ainda na ronda preliminar, os dois conjuntos ibéricos defrontaram-se, com esse jogo a terminar em desfecho positivo para a armada lusa, com um golo de Francisco Costa nos últimos segundos.

M20 EHF Euro: Golo no último suspiro coloca Portugal na final!
Foto: Federação de Andebol de Portugal

Carlos Martingo escolheu os seguintes jogadores para começar a luta pela top-2 deste Europeu sub-20: Diogo Rêma na baliza, Gabriel Viana e Tiago Teixeira nas pontas, Martim e Francisco Costa nas laterais, e André Sousa na posição de central, a fazer troca com Gabriel Cavalcanti, que assumia as ações defensivas. 

As equipas entraram em campo com toda a vontade de discutir o jogo, e o resultado manifestou isso mesmo. A diferença nunca excedeu os três golos, sendo depois rapidamente recuperada pela equipa adversária. Ao intervalo, a seleção portuguesa vencia, com dois golos de vantagem. 

Veja aqui um dos grandes momentos do guardião, Diogo Rêma, na partida de hoje: 

A segunda parte contou uma história semelhante à da primeira metade do encontro, com o marcador a exibir diferenças curtas, mantendo o confronto equiparado. No último minuto, Diogo Rêma faz uma estrondosa defesa, dando a posso de bola para a Portugal. No último lance do jogo, num livre de sete metros, Francisco Costa volta a marcar o golo da vitória (25-24) em jogos do Europeu, colocando Portugal na grande final.

Veja aqui o golo da vitória portuguesa:

Diogo Rêma relembrou os momentos finais da partida, e a defesa que permitiu a Portugal apurar-se para a final:

“Não pensei em nada, estava apenas a disfrutar do momento com este público espetacular, que nos apoiou durante todo o jogo. Na final, espero ver este pavilhão ainda mais cheio!”

Em declarações à 7Metros, Carlos Martingo, à semelhança do seu guarda-redes, Diogo Rêma, destacou o efeito e a ajuda do público:

“Primeiro de tudo, quero agradecer ao público pelo fantástico apoio que tivemos, que nos ajudou a sair de momentos complicados pelo quais passamos. Nos últimos momentos tivemos mérito, com alguma sorte à mistura, de arranjar uma boa situação para finalizar, que felizmente foi concretizada. Estamos felizes, mas ainda não temos a missão completamente cumprida.”

Quando questionado acerca da forma como descreve a prestação da equipa ao longo de toda esta caminha, o selecionador não usou muitas palavras para demonstrar todo o orgulho que sente por estes jogadores:

“Brilhante!” 

Partilha nas Redes Sociais!

Deixe um comentário





Interessado em impulsionar o Andebol?

O principal objectivo da 7M é promover o Andebol, tanto a nível Nacional, como Internacional, seja Feminino ou Masculino.

David Braga