Saltar para o conteúdo

Final4: Antevisão FC Barcelona – Paris Saint-Germain

barçapsg

Nos dias 28 e 29 de dezembro vão disputar-se os jogos da Final4 da EHF Champions League 2019-20. FC Barcelona e Paris Saint-Germain vão enfrentar-se pela sétima vez em competições europeias.

Esta Final4 ainda diz respeito à época passada, que foi  interrompida de forma prematura pela COVID-19. Depois de realizada a fase grupos, a EHF decidiu que as quatro equipas a passarem à Final4 seriam aquelas que ocupavam, no momento, os dois primeiros lugares dos grupos A e B da competição.

FC Barcelona

O Barcelona chega à Final4 como líder do grupo A. Os Blaugrana apenas perderam no primeiro jogo frente aos húngaros do MOL-Pick Szeged por 31-28. Os culés assumiram depois a liderança do grupo com 13 vitórias categóricas, venceram o PPD Zagred por 36-19 e também os dinamarqueses do Aalborg por 44-35.

A equipa da Xavi Pascual Fuertes  já sabe que não vai poder contar com o ponta-esquerdo Casper Mortensen, que está de fora após uma cirurgia e o central  Aron Pálmarsson está em dúvida devido a uma lesão.  Da época passada também não vão jogar, por motivos diferentes, três jogadores, são eles: Víctor Tomàs, o ex-capitão do Barça anunciou em fevereiro que ia retirar-se, Lasse Andersson que se transferiu para o Fuchse Berlin e Abel Serdio cedido ao Orlen Wisła Płock.

Na baliza, o Barça conta com guarda-redes experientes como Gonzalo Perez e Kevin Moller, que podem fazer a diferença nesta final a quatro.

O Barcelona ganha um enorme poder de fogo com jogadores como Aron Palmarsson, o central Luka Cindric e o lateral Dika Mem.

Na lateral esquerda, Haniel Langaro chegou para  reforçar a equipa catalã. Blaz Janc também reforçou o clube este verão e tem sido peça fundamental, tendo já apontado 82 golos.  Domen Makuck chegou ao Barça em julho deste ano procedente do RK Celje. Apesar da sua juventude é um dos jogadores com mais projeção de futuro na Europa.  Também o jovem português, Luís Frade pode ajudar o Barça a chegar à final, proveniente do Sporting, é  considerado com um dos jogadores com mais potencial na Europa, um pivô hábil junto à área, capaz de atacar e defender bem.

A esta juventude o Barça conjuga com experiência com jogadores como Raul Enterríos, muito forte no um contra um.

O Barça já conta com oito troféus da EHF Champions League, e pode tornar-se a primeira equipa a ganhar o troféu pela terceira vez.  

Paris Saint-Germain

O PSG acabou a fase de grupos em segundo lugar com três derrotas. Os parisienses perderam precisamente frente ao Barcelona e frente ao MOL-Pick Szeged por 32-29. Após as vitórias frente ao PPD Zabreb por 29-37, ao  RK Celje por 27-18 e ao Aalborg por 37-24 a equipa comandada por Raul González assumiu o segundo lugar do grupo que lhe permitiu estar presente em Côlonia.

O PSG tem jogadores que encontram muito facilmente o caminho para a baliza, são eles Nédim Rémili e Mikkel Hansen que já conta com 104 golos esta temporada. O dinamarquês, eleito melhor do mundo por três vezes, vai reencontrar o Barça que representou em 2008 durante duas temporadas.

Nikola Karabatic é a grande baixa na defesa da equipa francesa que vai falhar a Final4 por lesão. O ataque do Paris está mais agressivo também com a entrada de Luc Steins central que chegou do Fenix Toulouse Handball, muito forte no um para um.

Na baliza o PSG conta com o experiente Vicent Gérard que já venceu uma Liga dos Campeões ao serviço do Montpellier em 2018  e vai querer repetir o feito.

Durante o mercado a equipa francesa reforçou-se bem e com jogadores já experientes, desde o extremo Mathieu Grebille e Ferran Sole que chega do Toulouse.  O internacional francês Elohim Prandi chegou à capital depois de ter representado o USAM Nimes  e será um jogador a ter em conta durante esta Final4.

O Paris Saint- Germain vai procurar  conquistar a vitória para poder alcançar a final e lutar assim pelo sonho de conquistar, pela primeira vez, o mais importante título europeu de clubes do andebol masculino.

Partilha nas Redes Sociais!

Deixe um comentário





Interessado em impulsionar o Andebol?

O principal objectivo da 7M é promover o Andebol, tanto a nível Nacional, como Internacional, seja Feminino ou Masculino.

Beatriz Frade

Membro da equipa desde 2020, a Beatriz é licenciada em jornalismo pela Universidade Católica. Procura construir os alicerces de uma futura carreira como jornalista desportiva, conciliando o melhor dos dois mundos: a escrita e o desporto.