Saltar para o conteúdo

Carlos Oliveira é reforço do Sporting da Horta

ret

O guarda-redes português, Carlos Oliveira, vai reforçar a equipa do Sporting Club da Horta na próxima temporada. O jovem atleta de 21 anos, que alinhou no ABC/UMinho na época de 2020-21, deixa assim o norte de Portugal para defender as redes da baliza do clube açoriano.

Natural do Porto, Carlos Oliveira iniciou a sua carreira desportiva no Grupo Desportivo do Colégio Internato dos Carvalhos em 2010-11. Concluída a formação no clube de Vila Nova de Gaia, o atleta mudou-se para o Futebol Clube do Porto em 2017-18, alternando entre os juniores, a equipa B e o conjunto principal dos dragões. Depois da curta passagem pelos azuis e brancos, Carlos Oliveira foi emprestado ao ABC.

Carlos Oliveira é reforço do Sporting da Horta

Em 2018-19, e ainda cedido pelo FC Porto, o guarda-redes estreou-se na equipa principal do clube minhoto, fazendo 39 jogos com o emblema do ABC ao peito. No ano seguinte, o atleta de 21 anos mudou-se, em definitivo, para a equipa bracarense, onde se manteve até à última temporada, jogando 33 partidas em 2020-21. Após três épocas no ABC/UMinho, Carlos Oliveira vai agora alinhar pelos açorianos do Sporting da Horta.

Em declarações exclusivas à 7Metros, Carlos Oliveira refere o projeto aliciante dos insulares:

“Após a saída dos guarda redes do clube da passada temporada, em conversa com o Tiago Cunha surgiu a proposta para representar o clube está temporada. O convite foi aceite com bastante agrado uma vez que o projeto é aliciante onde espero ter a oportunidade de evoluir a minha carreira.”

Quanto aos objetivos o guardião mostra bastante ambição:

Os meus objetivos pessoais convergem com os objetivos definidos pelo clube. Entro nesta época com o objetivo de aprender e evoluir enquanto guarda redes e trabalhar todos os dias para elevar o Sporting da Horta ao estatuto que merece no andebol português.

Relativamente aos seus sonhos, Carlos Oliveira não esconde a vontade de voltar a representar Portugal:

“Qualquer praticante da modalidade sonha alto após todas as conquistas que Portugal tem atingido ultimamente. Trabalharei afincadamente para mostrar o meu valor em Portugal e um dia voltar a representar a seleção nacional, mas passo a passo porque o caminho é duro e longo. Por agora estou 100% focado no clube e no que posso fazer para ajudar o Sporting da Horta a alcançar os objetivos a que se propõe.

Partilha nas Redes Sociais!

Deixe um comentário





Interessado em impulsionar o Andebol?

O principal objectivo da 7M é promover o Andebol, tanto a nível Nacional, como Internacional, seja Feminino ou Masculino.

Andreia Morais

2º ano da licenciatura em Ciências da Comunicação. Redatora na secção de desporto no jornal académico: ComUM. Atleta de andebol desde 2016.