Saltar para o conteúdo

Benfica faz seis em seis

Benfica faz seis em seis

A Associação Artística de Avanca recebeu o Sport Lisboa e Benfica em jogo a contar para a 6ª jornada do Campeonato Placard Andebol 1.

As equipas chegavam a este jogo em espetros completamente opostos em termos de resultados. A Avanca tinha apenas uma vitória (na jornada inaugural frente à Sanjoanenese) e quatro derrotas, enquanto que o Benfica vinha de cinco vitórias em outras tantas jornadas.

A equipa do Benfica entrou muito bem no jogo e aos quatro minutos já vencia por 0-3. Este parcial deveu-se essencialmente à defesa bastante agressiva que não dava qualquer espaço para a 1ª linha do Avanca trabalhar, bem como ataques muito bem trabalhados, onde se ia destacando Kévinn Nyokas com o jogo para o pivot Paulo Moreno (entrada a 2º pivot do ponta-direita, pivot fixo entre o 1º e 2º defensor e Nyokas e Moreno trabalhavam 2 contra 2). Com este parcial Ricardo Costa, treinador do Avanca, pediu time-out, e logo a seguir a equipa esboçou uma reação ao reduzir a desvantagem para apenas um golo. Com o passar dos minutos, este equilíbrio foi-se mantendo, com os encarnados a ganharem alguma vantagem e o Avanca a conseguir sempre reduzir para a margem mínima. Destaque para Maykol Adames (Avanca) que ia sendo o principal desequilibrador da sua equipa, ao revelar muita inteligência nas movimentações e em quando atacar a baliza e grande capacidade de remate da 1ª linha. Ao intervalo o resultado era de 13-17.

Benfica faz seis em seis

No início da 2ª parte o Avanca teve uma grande oportunidade se aproximar e, quem sabe até mesmo empatar o jogo, mas a equipa não conseguiu aproveitar as três exclusões de 2 minutos que o Benfica levou e não conseguiu aproveitar o facto de estar a jogar com mais três jogadores para se aproximar no marcador. Falhas técnicas, maus remates e erros defensivos fizeram mesmo com que o Benfica conseguisse um parcial de 1-3 nestes minutos. Destaque para Belone Moreira que na 1ª parte até coincidiu com o pior momento da equipa lisboeta, mas agora vinha fazendo a diferença.

Lazar Kukic, central do Benfica, também veio com outro ânimo para este segundo tempo, sendo mais agressivo no ataque aos seis metros, sendo o principal dinamizador do ataque para ajudar o Benfica a ter uma vantagem de oito golos (19-27) aos 45 minutos.

Até ao final do jogo o Benfica foi controlando o encontro acabando por vencer por 25-34. O Avanca acabou por pagar caro o facto de não ter aproveitado a superioridade numérica no início da 2ª parte, visto que, se havia alguma hipótese para equilibrar a partida, teria sido nesses minutos. Petar Djordjic voltou a ser mais uma vez o melhor marcador da partida com nove golos.

Partilha nas Redes Sociais!

Deixe um comentário





Interessado em impulsionar o Andebol?

O principal objectivo da 7M é promover o Andebol, tanto a nível Nacional, como Internacional, seja Feminino ou Masculino.

Leonardo Costa Bordonhos

Membro da equipa desde 2018, o Leonardo concilia as posições de Diretor de Redação e Redes Sociais da 7Metros. Ganhou o gosto pelo andebol quando começou a praticar a modalidade no Almada AC, e desde então procura fazer crescer o desporto em Portugal. Licenciado e Mestre em jornalismo desportivo, podem acompanhá-lo no Twitter: @leo_bordonhos