Saltar para o conteúdo

ASS Assomada versão 2020-21

ASS Assomada versão 2020-21

Com grande parte da mesma equipa, a Associação Solidariedade Social Assomada entra na época 2020-21 com apenas quatro caras novas, sendo que três delas vêm provenientes de Cabo Verde.

O técnico Alexandre Fernandes chega esta época ao clube e mostra-se entusiasmado. Em declarações ao site oficial da Federação de Andebol de Portugal, o treinado afirmou:

“Após uma época menos conseguida, o nosso principal objetivo passa por fazer crescer as atletas mais jovens, que são a grande maioria do nosso plantel, desenvolvendo e maximizando as suas capacidades técnicas de forma a criar uma base de atletas que será o futuro do nosso clube. Outro dos nossos grandes objetivos é introduzir um sistema de jogo rápido e agressivo que seja agradável tanto para os nossos adeptos como para as nossas atletas”

Para além de Alexandre Fernandes, a equipa técnica do clube contará também com Natálio Correia e Marco Paixão.

ASS Assomada versão 2020-21

Passando para o plantel em si, a baliza do conjunto de Oeiras pertencerá a Elizabete Jaguité (18 anos) e Soraia Almeida (27 anos).

Nas pontas, Joana Gonçalves (34 anos), Luana Silva (19 anos), Maura Galheta (24 anos) e Leila Almeida (27 anos), continuam no clube mais uma época, mas este verão receberam a companhia de mais duas jogadoras: Inês Oliveira (22 anos) vinda do Vitória Futebol Clube, e Djeniffer Fernandes (18 anos), proveniente do ADRCP-PICOS de Cabo Verde.

A primeira-linha da Assomada viu Neima Monteiro (21 anos) chegar do ADRCP-PICOS de Cabo Verde, e Edine Fernandes (22 anos), que vem do Garidos de São Domingos de Cabo Verde. As duas jovens laterais juntam-se a Ana Varela (19 anos), Miriam Almeida (21 anos), Nataly Correia (16 anos), Bianca Lopes (16 anos) e Nádia Fernandes (34 anos).

Chegando à posição de pivot, Carla Tavares (37 anos) continuará a ser a escolhida para travar a batalha dos seis metros.

Partilha nas Redes Sociais!

Deixe um comentário





Interessado em impulsionar o Andebol?

O principal objectivo da 7M é promover o Andebol, tanto a nível Nacional, como Internacional, seja Feminino ou Masculino.

Leonardo Costa Bordonhos

Membro da equipa desde 2018, o Leonardo concilia as posições de Diretor de Redação e Redes Sociais da 7Metros. Ganhou o gosto pelo andebol quando começou a praticar a modalidade no Almada AC, e desde então procura fazer crescer o desporto em Portugal. Licenciado e Mestre em jornalismo desportivo, podem acompanhá-lo no Twitter: @leo_bordonhos