Saltar para o conteúdo

Ana Seabra é a nova selecionadora do conjunto feminino de Cabo Verde

ret

Ana Seabra, antiga capitã da seleção portuguesa e selecionadora da seleção nacional feminina de sub-18, é a nova selecionadora da seleção feminina de Cabo Verde. A informação foi avançada por Tony Teixeira, presidente da Federação Cabo-verdiana de Andebol. Prevê-se assim que a treinadora chegue ao país no próximo dia 15 de junho para orientar o conjunto cabo-verdiano.

O presidente da Federação Cabo-verdiana de Andebol adianta ainda que esta mudança beneficiou da cooperação existente entre as federações de Cabo Verde e de Portugal. Segundo Tony Teixeira, Ana Seabra irá focar-se, primeiramente, no Campeonato Africano das Nações (CAN´2021), que se realiza entre os dias oito e 18 de junho em Yaoundé, nos Camarões.

Em declarações à 7Metros, a selecionadora falou-nos dos objetivos a curto prazo dizendo que passam, principalmente, por “ajudar e preparar esta seleção, num tempo muito curto, de forma a ter uma participação o mais digna possível no CAN, visto que, com a situação do covid, as atletas estão há um ano sem competir. As exceções, segundo Ana Seabra, poderão ser as jogadoras que estão a atuar em Portugal, já que o campeonato da primeira divisão portuguesa teve poucas paragens. “Mas tudo depende se os clubes as dispensam ou não, tendo em conta que o campeonato da primeira divisão ainda não terminou”, acrescenta.

Ana Seabra é a nova selecionadora do conjunto feminino de Cabo Verde

No que diz respeito ao surgimento desta oportunidade de comandar a seleção cabo-verdiana, Ana Seabra refere que apareceu “através de um contacto que tem ligações a Cabo Verde”, dizendo que “foi tudo muito rápido”. Refletindo acerca do que a fez aceitar a proposta, a selecionadora menciona a disponibilidade e a autorização da Federação de Andebol Portuguesa, visto que o contrato de Ana Seabra com a seleção das sub-18 só terminaria em junho. Mas a antiga capitã da seleção nacional de andebol foca sobretudo no “desafio e na experiência de treinar Cabo Verde”, para além da tentativa de ajudar na evolução da equipa, já pensando na próxima competição, o CAN´2021. No entanto, a técnica admite que “o objetivo da federação é apostar nestas atletas para o CAN de 2024, que se vai realizar em Cabo Verde”.

Ana Seabra é considerada uma das referências do andebol feminino português, sendo inclusive a atleta lusa mais internacional de sempre. A atual selecionadora de Cabo Verde, conta com um total de 215 internacionalizações pelas várias seleções nacionais, incluindo as 176 pela seleção principal. A antiga atleta das quinas, fez parte da geração de ouro que conseguiu o inédito apuramento para o Campeonato da Europa em 2018. 11 Campeonatos Nacionais, nove Taças de Portugal e oito Supertaças são os troféus que Ana Seabra conquistou ao longo dos anos, conferindo-lhe assim um palmarés recheado.

A ex-selecionadora das sub-18 portuguesas abraça agora um novo projeto com a seleção feminina de Cabo-Verde, equipa que ocupa o Grupo C do CAN´2021, em conjunto com Angola, Congo e Argélia. O início do 24º Campeonato Africano das Nações está agendado para o dia nove de junho, sendo que a seleção cabo-verdiana tem pela frente o conjunto angolano no primeiro encontro.

Partilha nas Redes Sociais!

Deixe um comentário





Interessado em impulsionar o Andebol?

O principal objectivo da 7M é promover o Andebol, tanto a nível Nacional, como Internacional, seja Feminino ou Masculino.

Andreia Morais

2º ano da licenciatura em Ciências da Comunicação. Redatora na secção de desporto no jornal académico: ComUM. Atleta de andebol desde 2016.