Saltar para o conteúdo

Alavarium 19-38 BM Granollers: Portuguesas derrotadas na European Cup

Alavarium LT 19-38 KH-7 BM Granollers: Portuguesas derrotadas na EHF European League

O Alavarium Love Tiles deslocou-se, este sábado, ao Palau d’Esports de Granollers, para defrontar o KH-7 BM Granollers. A partida a contar para a 1ª mão da 1ª eliminatória da EHF European Cup Women 2020-21 terminou com um resultado de 19-38, a favorecer a equipa espanhola.

O encontro começou com a equipa do Granollers a ganhar vantagem muito cedo, no entanto a o clube português conseguiu evitar que a distância no marcador aumentasse, e na primeira parte o resultado parcial não ultrapassou os 0-5. A cinco minutos do fim da primeira parte, o Alavarium conseguiu diminuir a desvantagem para o adversário, e as equipas foram para intervalo com o marcador a assinalar um resultado de 13-15, a favor do clube de Barcelona.

Alavarium LT 19-38 KH-7 BM Granollers: Portuguesas derrotadas na EHF European League

A entrada do Alavarium para o segundo tempo também não foi a melhor. A equipa portuguesa sofreu quatro golos sem resposta nos primeiros cinco minutos da segunda parte. Foram precisos jogarem-se oito minutos para as atletas portuguesas marcarem o primeiro tento.

Aos 15 minutos da segunda parte, o resultado era 16-26, com apenas três golos marcados depois do regresso à quadra, o que espelhava a dificuldade do Alavarium em termos ofensivos. Os erros ofensivos da equipa de Aveiro, foram aproveitados pelo adversário para fazer contra-ataques rápidos e aumentar a vantagem.

Nos últimos dez minutos, a equipa de Espanha ainda conseguiu dilatar mais a distância no resultado, e o jogo acabou com um placard de 19-38. Desta forma, a passagem do Alavarium Love Tiles tornou-se mais difícil, no entanto a equipa portuguesa joga amanhã a segunda mão, o que significa que ainda nada está perdido.

Partilha nas Redes Sociais!

Deixe um comentário





Interessado em impulsionar o Andebol?

O principal objectivo da 7M é promover o Andebol, tanto a nível Nacional, como Internacional, seja Feminino ou Masculino.

Andreia Morais