Saltar para o conteúdo

AD Sanjoanense fecha plantel para 2021-22

AD_Sanjoanense_site

A Associação Desportiva de Sanjoanense anunciou, através das suas redes sociais, todas as renovações e contratações para a época que se avizinha, sendo a primeira equipa a apresentar o plantel completamente definido.

Em 2020 a equipa de São João da Madeira alcançou um feito histórico no clube ao regressar ao escalão máximo do andebol português, 33 anos depois da última presença.

Na época transata, 2020-21, a equipa liderada por Nuno Silva lutou até final para tentar garantir a manutenção no Campeonato Placard Andebol1, falhando a manutenção direta, conseguiu o penúltimo lugar da tabela classificativa e irá, por isso, lutar por um lugar na PO01 diante do CD São Bernardo – 2º classificado da 2ª Divisão Nacional.

O primeiro classificado da 2ª Divisão Nacional Masculina – Xico Andebol – conseguiu a subida direta para o Campeonato Placard Andebol1.

Os jogos decorrerão a 4 e 11 de setembro, sendo o primeiro jogo disputado em São João da Madeira e o segundo na cidade de Aveiro.

AD Sanjoanense com Plantel Definido

Depois de anunciada a saída do técnico Nuno Silva, o clube apresentou rapidamente o novo treinador – João Varejão – que irá acumular a função de Treinador Principal com a de Coordenador de Formação. João Varejão será coadjuvado por Hélder Vieira, que dará continuidade ao trabalho da época anterior.

Da época anterior seguem também Ricardo Pinho, Bruno Saurin, Francisco Silva, Guilherme Novo, Nuno Queirós, Lucas Santana, Gonçalo Fernandes, António Deville, Guilherme Silva e Jefferson Oliveira.

Depois das saídas de Ricardo Gaspar, David Ferreira, Vinícius “Panda” Carvalho, Lourenço Santos, Pedro Pires, Bruno Ferreira, Tiago Antunes, Miguel Cortinhas, Danilo Sousa, Anderson Silva, Orlando Correia e Rui Sousa a equipa de São João da Madeira recorreu a brasileiros e à formação da casa para definir o seu novo plantel.

De nacionalidade brasileira mas viajado dos Açores, CD Os Marienses, chega Cleryston Novais, que pode jogar como lateral esquerdo ou ponta esquerda. O atleta de 28 anos esteve presente nos Mundias de 2017 e 2019 ao serviço da seleção brasileira.

Foi em 2017-18 que Cleyrston teve a sua primeira experiência fora do Brasil representando o Aziziye Belediyesi da Turquia e nas duas épocas seguintes, ainda na Turquia, o Beykoz SK. Na última época, ao serviço do CD Os Marienses, assinalou 171 golos em 22 jogos.

O segundo reforço brasileiro a ser anunciado foi Matheus Pereira, pivô de 21 anos vindo do São Caetano. Com passagens em alguns clubes brasileiros, EC Sírio, Clube Paulista, São Paulo, UNIP/São Bernardo, EC Pinheiros, São Caetano Handebol e Nacional HC, Matheus Pereira tem este ano a sua primeira experiência fora do seu país natal e onde deixa altas expectativas em relação à sua margem de progressão.

Também vindo do Brasil chega Leonardo Abrahão, central de 25 anos formado no EC Pinheiros. O seu novo clube apresenta-o como “um dos jogadores mais credenciados do plantel“. Leo Abrahão foi internacional pelas camadas jovens brasileiras, tendo participado nas Olimpíadas da Juventude de Nanjing. O central chega a São João da Madeira com a responsabilidade de comandar o ataque da equipa, colmatando a saída de Lourenço Santos.

Jackson Souza também chega do Brasil e é um atleta que poderá fazer a posição de central e lateral esquerdo. Com 31 anos, chega do Cascavel e é reconhecido pelo seu remate exterior. Em toda a sua carreira jogou em vários clubes brasileiros tendo tido apenas 2 épocas fora do Brasil, em 2017 jogou pelo Samen Sabzevar do Irão e em 2019 representou o Spójnia Gydnia da Polónia. Este será o terceiro ano do primeira linha fora do Brasil, que chega pela primeira vez a Portugal para representar a AD Sanjoanense.

Para a posição de lateral direito chega também um brasileiro, Marcos Vinicius, com 24 anos. Depois de ter representado o Clube Português e o Handebol Londrina, Marcos chega a Portugal com uma “tarefa difícil de substituir “Panda”“, afirmou o clube de São João da Madeira que também distingue o lateral como “um esquerdino rápido e de remate muito fácil“.

Para fechar o plantel a AD Sanjoanense olhou para a sua formação e chamou Miguel Leite para a ponta esquerda, João Henriques para a ponta direita, Pedro Silva para central, Bernardo Morais para as laterais, Henrique Novo para lateral esquerdo e Hélder Almeida para lateral direito.

Partilha nas Redes Sociais!

Deixe um comentário





Interessado em impulsionar o Andebol?

O principal objectivo da 7M é promover o Andebol, tanto a nível Nacional, como Internacional, seja Feminino ou Masculino.

Ema Bastos

Treinadora de andebol e licenciada em Marketing, Ema pertence à equipa da 7Metros desde fevereiro de 2018, onde é Diretora de Marketing e Comunicação e Responsável pela Equipa de Design. O andebol é a sua grande paixão e, juntamente com a 7Metros, tem como objetivo fazer crescer a nossa modalidade em Portugal.